Criamos, viabilizamos e cavamos brechas de circulação para ações artísticas independentes.

O mezclador nasceu em 2014 diferente do que é hoje.

Nos primeiros 2 anos, formatados como agência de comunicação e produtora, buscamos fazer e se juntar a projetos em que havia alguma intenção de luta por justiça social. Luta contra pobreza, feminismos, direitos humanos, acesso à educação. O melhor que tínhamos era apostar em narrativas estéticas: oferecemos conteúdo e plataformas que faziam ativismo, seja institucionalmente ou não.

Mas, nestes mesmos 2 anos, o Brasil retrocedeu – e não conseguimos ficar incólumes. Além do golpe de estado abominável de 2016 e do desmonte cultural que se vive desde então, instaurou-se um obscurantismo que já marca nossa geração. A cidade de São Paulo, onde vivemos e atuamos, é neste início de 2017 a locomotiva do atraso intelectual. Raciocínios simplistas, manipulação, preconceito, o pior marketing político possível, povo deseducado vítima violenta. No mundo ocidental, Trump acontece.

Neste incômodo encontramos nossa vocação, que de fato nos acompanhava desde o início.

O mezclador é um estúdio de criação artística independente, ativista, revoltado com a ameaça do fascismo e em busca de obras que abram possibilidades de resistência. Por isso criamos e financiamos processos próprios de diálogo com artistas cujas produções nos interessam, ao mesmo tempo em que atendemos encomendas de instituições parceiras. Cada projeto quer fazer a diferença, em maior ou menor grau, na missão intelectual de resistir à ignorância.

É na arte que está nossa maneira de nos comunicar. Queremos obras e ações que não sejam consequência de reflexões, ou anexas às produções que fazíamos anteriormente. Acreditamos numa estética que é pensamento.

 

Entre em contato